A espera.

Acrilico s/ tela
70 x 90
TU VINHAS

«Não me fizeste sofrer 
mas esperar. 
...
Eu não sofri, meu amor, 
esperava-te apenas. 
Tu precisavas de mudar de coração 
e de olhar 
depois de tocares a profunda 
zona do mar que meu peito te entregou. 
Precisavas de sair da água 
pura como uma gota erguida 
por uma onda nocturna. »
Pablo Neruda

< >

Sem comentários: